quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Ménage: Eu, James Dean and Ethan Frome

Ao terminar Ethan Frome a sensação que tive é que nada na vida é possível. Podemos pensar que temos escolhas, mas no final percebemos como não existe uma saída. Obviamente Ethan Frome é uma estória sobre como as escolhas são pensadas no nosso meio social. As constrições sociais são as barreiras que muitos não conseguem transpor. Assim como Ethan não foi capaz de fugir de seu "mundo", muitos de nós não conseguimos sair desse mundo sem aquela sensação de culpa. Estaria Ethan errado ao fugir com Matt e deixar sua esposa Zeena? Seria ingênuo ou cruel enganar amigos e sociedade?

Lembro-me de um sonho que tive com James Dean no qual conversávamos exatamente sobre como decisões são feitas. No final, ele me dizia que não somos nós que fazemos as escolhas, mas sim elas que nos fazem.

Apesar de acreditar (cegamente) que temos escolhas, sempre lembro de Dean me dizendo essas palavras.

2 comentários:

Mariana Leal disse...

Hey teacher!
Belo seu blog eim ! Depois dê uma passad ano meu, comeceia postar em inglês, críticas e consertos são bem vindos, sempre!
Beijos!

K. N. disse...

Hum... Ménage interessante...

Mas eu prefiro continuar acreditando que fazemos nossas escolhas. Talvez seja meu medo de pensar que minha vida possa ser controlada por outra pessoa que não eu.